terça-feira, 24 de novembro de 2015

Resenha: A Herdeira

Titulo: A Herdeira

Autor(s): Kiera Cass
Ano: 2015
Onde encontrar:Saraiva
Número de páginas:361
Resumo: No quarto volume da série que já vendeu mais de 500 mil exemplares no Brasil, descubra o que vem depois do “felizes para sempre”. Vinte anos atrás, America Singer participou da Seleção e conquistou o coração do príncipe Maxon. Agora chegou a vez da princesa Eadlyn, filha do casal. Prestes a conhecer os trinta e cinco pretendentes que irão disputar sua mão numa nova Seleção, ela não tem esperanças de viver um conto de fadas como o de seus pais… Mas assim que a competição começa, ela percebe que encontrar seu príncipe encantado talvez não seja tão impossível quanto parecia.


OBS.: SE VOCÊ NÃO OS LIVROS DA SELEÇÃO, ESTA RESENHA PODE CONTER SPOILES


Olá pessoal, ando um pouco sumida por aqui né.... Mas no momento resolvi voltar, só que ainda não tenho certeza se agora é para ficar (como a canção). Mas eu voltei com uma resenha nova!!!! Vivas"""

Então este foi o ultimo livro que eu li, sim o livro foi lançado a mais ou menos uns 6 meses atras e eu resolvi ler este livro só agora, mas é porque quando eu li A Seleção (que são os três livros anteriores a este), eu me apaixonei pela escrita da Kiera Cass, me apaixonei pelo Maxon, e tietei alguns concorrentes da seleção, mas confesso que não tive muita paciência com a America. Principalmente no primeiro livro, nos demais livros eu acho que me acostumei com a personagem, porém eu sei que nunca cheguei a realmente gostar dela. Então quando eu descobri que teriam novos livros desta série (que até o ano passado era uma trilogia), eu pensei: Nossa! Vai haver outro livroooooo... Será que eu tenho paciência para continuar aguentando a America????

Sendo assim, eu enrolei o máximo possível para ler este livro, mas este livros possuem personagens bem diferentes e uma estória até mais ou menos parecida. O que eu acabei descobrindo se alterar a estória original era realmente necessário?! Mas vamos lá, America e Maxon já estão casados há algum tempo, tiveram quatro filhos e governam Ilhea.

Dentre os quatro filhos, a única menina, Eadlyn, que é a sucessora do trono, também existem: Ahren que a principio parece o filho "certinho" e bondoso e uma versão miniatura do Maxon (com a exceção de ser um pouco mais inconsequente); Kaden o filho que até então parece ser o mais inteligente e sábio, e o filho mais novo Osten que na verdade nem precisava existir.

A estória começa quando todos levam uma vida "agradável no castela", até que a população começa a se revoltar com a monarquia (por que a situação deles/população não é das melhores), e com medo de uma "queda" no poder o Maxon tem a ideia de que sua filha Eadlyn (a mais velha) faça uma seleção com o objetivo de: para distrair o população (enquanto ele pensa em uma solução para os problemas das pessoas) e se apaixonar. Mas a Eadlyn é um personagem bem singular, ela não se parece com a America, não se com o Maxon e eu acho que com mais ninguém que eu conheça no mundo literário. Quer dizer, ela se parece com a personagem da Blair Waldorf (eu estou falando a dos livros, e não a da série de Tv Gossip Girls). Arrogante, mimada, prepotente e um pouco preconceituosa é essa a personalidade da princesa, que tem de tudo para ser vilã. Certo?!

Bem, a resposta para esta pergunta é um pouco subjetiva, e no meu caso eu diria que não. Tudo bem não posso negar que a personagem está rodeada de feitos nada legais, mas no meu caso eu acho mais fácil suportar uma personagem assim do que uma de conto de fadas... E sim a Eadlyn irá melhorar! Afinal estamos falando da Kiera né.. Mas ok, alguns dos principais personagens apresentados voltemos a estória.

A partir da revolta do povo e da pressão de seus pais, Eadlyn aceita participar da seleção  (no inicio ela não queria pois queria poder governar o reino sozinha, o que na verdade não tem nada de errado nisso, sim mulher pode governar "sozinha"). Mas mesmo assim Eadlyn aceita participar, mas com o intuito de fazer todos os candidatos desistirem... A partir de então eu não vou contar muito se não posso acabar soltado algum spoiler...

Mas posso falar um pouco sobre os candidatos: Muitos deles nem temos a oportunidade de conhecer, outros parecem a repetição de algumas candidatas da seleção do Maxon. Já outros conhecemos melhor, e sim ele são bem legais e na verdade eles tomam a maior parte do livros, mas eles são fofos (como a maioria das meninas gosta de descreve-los), são bem diferente uns dos outros e não infelizmente a Kiera não nos entrega nenhuma pista sobre que a Eadlyn irá escolher... Apenas nos deixa fazer a nossa torcida, o que na verdade me deixa ansiosa, já que eu tenho um preferido (Kile) e não faço a menor ideia se ele será o escolhido ou não!!

Sobre o final do livro, já li muitos cometários das pessoas falando que aconteceram muitas coisas de uma vez só, e eu concordo, realmente acontecem algumas coisas no final que é para deixar qualquer um revoltado!!! Mas acredito que para isso também exista explicações, já que o livro que virá após esse será o último da série então, já viu né...

Como uma forma de distrair eu posso falar que gostei desse livro e até me arrependo de ter enrolado tanto para lê-lo pois e Kiera continua com uma escrita que flui de maneira fácil e prazerosa, o livro passa que nós nem percebemos, mas também continua com uma escrita sem muitos detalhes (tanto físicos como dos ambientes). Apesar de algumas vezes termos que ignorar certas ideias suspeitas e errôneas que o livro passa, podemos sim ter uma leitura agradável, e apenas distrativa. E você o que achou?



Um comentário:

  1. O que seriam essas ideias suspeitas e erroneas que o livro passa?

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...